segunda-feira, 29 de julho de 2013

#Entre o Agora e o Nunca

Heey lindos e lindas tudo beem ??
Curtindo o frio maroto??
Enfim, eu tive um fim de semana muito legal com a minha amiga e minha afilhada *-*
Maas ai eu não poderia deixar de contar pra vocês xD
Estávamos felizes voltando pra São paulo né, ai chegando passamos em um buraco e adivinhem ?? O buraco furou não um, mas o 2 pneus xDD
Então chegamos a conclusão que não dou sorte no carro deles xD
Enfim conseguimos chegar mas me pediram pra tomar banho de água benta antes de entrar no carro deles de novo xD
AHAHuAHUA
Boom voltando ao que importa, vamos a resenha de hoje =D
Um livro que me surpreendeu bastante: Entre o Agora e o Nunca.
  
Titulo Original: The Edge of Never
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Suma de letras
Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Quando eu disse que esse livro me surpreendeu não estava mentindo. Eu já tinha lido algumas resenhas sobre ele, mas fiquei com uma curiosidade contida, mas ai fui vencida por ela então eu peguei ele emprestado com minha amiga.
E nossa o que eu descobri foi uma trama muito bem trabalha, um escrita magnifica e uma luta pela vida que foi comovente.
 Camryn Bennett não esta no seus melhores momentos, isso porque ela esta envolta em depressão que ela se nega a admitir desde a morte de seu namorado Ian em uma acidente de carro, e como as vezes a desgraça não vem sozinha, seus pais se divorciaram, seu irmão foi preso pelo mesmo crime que matou seu namorado e agora ela tem planos pra sair de casa, mas pra isso ela conta com sua "melhor amiga" Natalie, que na verdade não esta ajudando muito que Cam a se levantar.
Eu disse que desgraça não anda sozinha né?? Vamos ao porque: as vésperas de se mudar pra junto de sua amiga e sair de casa, já que sua mãe aparentemente esta encarando sua própria depressão nos braços de udo que é macho que aparece no caminho, o então namorado de Natalie, Damon, resolve revelar para Cam que esta e sempre foi apaixonado por ela, e pra provar isso resolveu beija-la a força.
Sendo verdadeira com Natalie, ela resolve abrir o jogo sobre o que aconteceu, maas Natalie a culpa pelo que aconteceu e diz que a culpa é dela.
Ou seja, adeus planos de sair de casa.
Se negando a afundar mais do que isso, ela acorda com a cabeça formigando e decide que é hora de partir, não importa o destino, só tem que partir, e partir agora.
Como eu disse, Cam esta mergulhada até o pescoço em depressão, mas ela apesar de não se entregar, não assume isso, e as pessoas ao redor parecem propensas a fingir que não esta acontecendo, e que provavelmente ela esta apenas em um estado de luto. mas conforme vamos conhecendo Cam pode-se ver que não é apenas luto o que a cerca.
"Não é só questão de tristeza. Na verdade, a tristeza tem bem pouco a ver. Depressão é dor em sua forma mais pura, e eu faria qualquer coisa para conseguir sentir alguma emoção de novo. Qualquer emoção. A dor machuca, mas com uma dor tão poderosa que você não consegue sentir mais nada, é ai que você começa a achar que esta enlouquecendo. 
 Bom, Cam apesar de tudo é determinada e cheia de impulsos, eu gostei bastante dela, porque ela é do tipo que esta lutando contra a maré cruel que sua vida se tornou, e ela rapidamente se tornou especial pra mim. Ela é uma personagem muito bem trabalhada e acho que assim como eu , a autora tem um carinho muito grande por ela.
Cam então seguindo o impulso resolve pegar o primeiro ônibus pra qualquer lugar, e graças a uma batata (?) ela resolve partir para Idaho. E é no ônibus rumo a lugar nenhum exatamente, que a vida dela muda, e não apenas graças a viagem, mas sim ao seu mais novo companheiro de viagem.
Apesar da temática ser bem parecida, os motivos da viagem de Andrew Parrish de ônibus até sua cidade natal é principalmente o fato de seu pai estar morrendo. Nada o impediria de pegar um avião, mas no fundo ele queria a viagem mais longa a fim de evitar principalmente a chegada rápida, afinal ele teria que enfrentar a pessoa que ele mais admira no mundo pela ultima vez em uma maca no hospital, e isso não era o que Andrew queria como ultima lembrança, então ele esta fazendo principalmente uma viagem de lembranças ao seu passado. O que Andrew não esperava quando entrou no ônibus era dar de cara com uma passageira que estava bem incomodada com o volume de sua musica nos fones mas também muito bonita.
Andrew seria a companhia de viagem que qualquer garota iria querer, alem de lindo, tem um ótimo gosto musical, mas é dono também de um temperamento que no fundo é mais perigoso para si mesmo do que para os outros, afinal ele é dono de uma tendencia ao destrutiva muito forte por não conseguir se controlar e tem muito medo da rejeição, principalmente no que se diz respeito a seu pai.
Logo de cara, se percebe o amor que ele tem pela família e o medo de perde-la, e agora esta lidando com a dor da maneira que seu pai lhe ensinou e deixou bem claro que se ele chorasse ele seria retirado da herança de seu pai.
De inicio Cam e Andrew não se davam muito bem, mas bastou um incidente com um tarado e um banheiro de rodoviária para as coisas mudarem para ambos.
Os dois percebem que estão mais ligados do qualquer outra pessoa que já tenha passado por suas vidas e são almas iguais em muitas coisas, mas eles se negam a demonstrar isso um para o outro.
Então decidem partir juntos em uma viagem e é ai que tem inicio tudo.
"Eu quero Camryn, quero de todas as formas imagináveis, mas não consigo nem pensar em partir seu coração - aquele corpinho dela é outra história; eu adoraria judiar dele. Mas se ela se entregar para mim, é o que vai acontecer no final: vou partir o coração dela (e o meu)."  
A historia flui o tempo todo nos prendendo do começo ao fim e é dividida nos pontos de vistas dos dois protagonistas, e é tratada muito profundamente em muitos aspectos.
Este livro foi classificado como New Adult, que se encaixava na categoria de livros como Belo Desastre, mas ao contrario deste, temos uma historia bem mais voltada ao realismo, principalmente por tratar com muita clareza temas como depressão, câncer, a buscas por si mesmo e principalmente a busca de seu lugar no mundo, seja em questão ao lugar ou a alguém.
"Nunca se limite, Camrym Bennett; tenha certeza do que quer na vida, diga o que sente e nunca tenha medo de ser você mesma. Foda-se o que os outros pensam. Você esta vivendo pra você, não pra eles."
Possui cenas de pura sensualidade mas nada vulgar ou agressivo e também possui doses de humor e sarcasmo que particularmente adoro, principalmente por parte de Andrew e seus desafios e técnicas inusitadas de como provocar caminhoneiros na estrada xD
Volta a repetir, é um livro que recomendo para todo mundo, porque garanto que não vão se arrepender da leitura, e claro que tenho que dizer que chorei em uma ou duas partes, ri em varias e me senti envolvida tanto por Cam como por Andrew e me vi torcendo por eles em diversos momentos.
Eu tenho certeza que vocês também vão gostar muito dessa leitura!
"O coração sempre vence a razão. O coração, embora seja imprudente, suicida e masoquista de um jeito só seu, sempre ganha a parada. A razão pode ser a melhor opção, mas agora tô cagando para o que a voz da razão tá me dizendo. Agora, só quero viver para o momento."
Seus lindo só por hoje =D
Em breve estarei de volta com algumas noticias pra vocês!
Bjos seus lindos sz

18 comentários:

  1. Oie :)

    Nossa sinceramente fiquei com vontade de ler esse livro agora com a sua resenha hahaha, quero comprar o mais breve possível, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Todas as resenhas que li são só elogios isso está me matando, rs. Quero ler logo este livro. Muito boa sua resenha =)

    Beijos ♡
    comoumrefugio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quero ler RSRr
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Li muitos comentários positivos sobre esse livro o que me deixa bem animada para lê-lo. Ótima resenha!!

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Vi bastantes comentários bons,quero ler sem falar que eu acho linda a capa!

    teenagersblogofficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Nossa que falta de sorte 2 pneus? rsrs precisa de água benta mesmo srs,mas acontece infelizmente...
    Eu já vi muitas resenhas e agora com a sua me deixou animada para ler ^^
    bjs fofa *-*
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Menina, que isso haha Sorte ou azar? megcaboton -q
    enfim, baixei esse livrinho no kobo para ler c:
    espero que seja tão bom quanto pareça ser c: Não sabia que esse livro tinha tudo isso, fiquei ansiosa para lê-o agora *0*
    Nossa que divertido menina!
    Quero um friendsbook :c deve ficar tão lindinho no final também :3
    AH agora vou participar do projeto das amelies e do com amor por favor sem flash haha
    Um beijo!
    Pâm - http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Simplesmente amei esse livro! <3
    Super lindo e realmente ansiosa pra ler a continuação.
    Adorei sua resenha, minha mãe tb amou esse livro.
    Resenha #101 – O Julgamento de Gabriel - Livro 2 - Sylvain Reynard
    Confere Lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li esse livro.
    Pra ser bem sincera, confesso que já vi algumas resenhas sobre ele mas nunca prendeu muito a minha atenção, sabe?
    Mas to pensando em dar uma chance a esse livro. rs
    Beijinhos, amei seu blog.
    http://llaranjas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nunca tinha ouvido falar neste livro antes, agora fiquei curioso para a leitura.
    Ah e o blog está lindo, estou seguindo já... se puder retribuir ficarei grato!

    Abraços
    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Não tive a oportunidade de ler esse livro, mas também não sinto taaanta vontade t.t A história parece ser boa, mas não sei t_t (sou estranha).
    E nossa, furar DOIS pneus? ê sorte haha

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  12. Eu estou como você estava antes de ler, tenho curiosidade além dos limites para ler, mas ainda não tive a oportunidade, HAUAH mas com essa resenha super empolgada eu fiquei com mais vontade ainda.

    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  13. AAAAAAAAAAAH eu estou L O U C A para, ler esse livro.
    Estou com muita vontade mesmo ;")
    Não vejo a hora de comprar...
    Mas os livros não lidos aqui em casa ainda são tantos :((
    Estou comentando e seguindo, pelo "projeto Com amor por favor, sem flash!"
    Beijinhos,
    Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu vi esse livro há alguns dias atrás na saraiva, e fiquei bastante interessada. A história em si é bem chamativa. Adorei a resenha ;)

    Beijos! ♥
    http://viajantesdaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Lih,
    Estou doida para ler o livro e sua resenha me atiçou ainda mais. Gosto muito de New adulto e esse parece ser ótimo.
    bjs

    OBS: Morri de rir da sua história com os pneus haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

      Excluir
  16. Segui como super estúpida pelo projeto da Sarah assim que conseguir sigo como meu outro perfil bjkas
    www.marasemalca.com.br
    Carolina Mara Rodrigues

    ResponderExcluir
  17. Oiee ^^
    Amo esse livro de paixão ♥ Amo o Andrew ♥
    No começo eu achei bem precipitado a Camrym sair de casa e viajar, mas depois achei bem bacana, porque ela conheceu o
    Andy na viagem...rsrs
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir